betclicpt
      Cinco pontos por definir no campeonato

      Ainda se lembra das 24 jornadas até agora? O que está por decidir...

      2020/05/31 21:01
      Texto por Vasco Moreira
      E7

      A espera foi longa - quase três meses -, mas a bola vai finalmente voltar a rolar no campeonato português e há ainda muito por decidir. Para que não lhe escape nada neste regresso, o zerozero reuniu os principais pontos que faltam definir num só artigo.

      Ao todo são 10 jornadas que faltam jogar e 30 pontos ainda em disputa. Tantos que fazem com que nada do que talvez já parece certo o seja, na verdade. Desde o título de campeão, à luta pelas competições europeias, passando pela sempre acesa e renhida fuga à despromoção. Não faltam razões para ficar agarrado ao televisor!

      O pontapé de saída está agendado para o dia 3 de junho, às 19h, em Portimão. Já falta pouco, por isso o melhor é ler para ficar a saber tudo aquilo a que deve estar atento nesta reta final.

      Escorregadela fatal?

      © Catarina Morais / Kapta +

      Começando pelo que mais interessa a praticamente todos os fãs, a luta pelo título em Portugal está ao rubro e dificilmente podíamos ter um combate mais equilibrado do que aquele que se antevê entre FC Porto e Benfica.

      Os encarnados começaram como favoritos, até porque defendiam o título da época anterior, e até já pareceram ter uma mão no troféu final, mas tudo mudou nas últimas jornadas. Duas derrotas - uma delas frente aos dragões - e dois empates nos últimos cinco jogos fizeram com que uma vantagem aparentemente confortável de sete pontos se esvanecesse e permitiram ao FC Porto assumir a liderança da Liga NOS.

      Por outro lado, o FC Porto, com uma das melhores séries da temporada - seis triunfos consecutivos -, conseguiu atingir o que chegou a parecer fora do alcance. A série vitoriosa foi travada pelo Rio Ave mesmo antes da suspensão, mas depois do que os dragões passaram para chegar ao topo, vão certamente fazer tudo o que estiver ao seu alcance para não o largar. Os seis pontos conquistados diante do rival são uma boa indicação e garantia de vantagem no confronto direto.

      Olhando para o que falta jogar, de acordo com a ferramenta do zerozero, é o FC Porto quem tem o calendário teoricamente mais fácil, se bem que a diferença percentual é muito curta. A equipa de Sérgio Conceição recomeça com uma complicada visita a Famalicão e termina com uma igualmente difícil viagem a Braga, sendo que, pelo meio, recebe o Sporting e o Boavista. Já o Benfica termina com uma receção ao velho rival lisboeta, também vai ter de ir a Famalicão, bem como a Vila do Conde e ainda recebe o Vitória SC.

      Resumindo, um ponto a separar dois eternos rivais, 30 pontos ainda em disputa e um calendário, na teoria, igualmente complicado. Não somos peritos em futurologia, mas esta parece uma daquelas lutas que vai durar até ao último segundo e só aí vamos ficar a saber se a escorregadela foi ou não fatal.

      Terá Rúben Amorim a receita para o pódio?

      © Carlos Alberto Costa

      Quando Rúben Amorim assumiu o cargo de treinador do SC Braga, à 14ª jornada, os arsenalistas ocupavam a 10ª posição da tabela e o Sporting a terceira, com oito pontos a separar as duas equipas. Rúben deixou o cargo à 23ª jornada e deixou também os bracarenses no pódio, com mais quatro pontos do que os leões. 

      Curiosamente, saiu de Braga para se juntar ao Sporting, pelo que tem agora a tarefa de reverter aquilo que ele próprio causou. Resta saber se Rúben Amorim tem mesmo a receita para o pódio e se será capaz de repetir o feito com a sua nova equipa.

      Tal como no caso de FC Porto e Benfica, também aqui os calendários são de dificuldade semelhante e nem o confronto direto vale às duas equipas, porque o somatório dos dois encontros dá empate. A principal curiosidade, que pode revelar-se decisiva, será perceber como é que Amorim e Custódio se vão adaptar aos novos cargos, até porque ambos têm ainda muito por provar.

      De resto, a luta pelo terceiro lugar da Liga NOS também está ao rubro, sendo que Rio Ave, FC Famalicão e até, talvez, Vitória SC podem ter uma palavra a dizer.

      Fama europeia, um regresso ou (re)conquista?

      © Vítor Parente / Kapta+

      O Rio Ave, de Carlos Carvalhal, o Famalicão, de João Pedro Sousa, e o Vitória SC, de Ivo Vieira. Talvez as três grandes sensações da presente edição da Liga NOS e, garantidamente, três das propostas de jogo mais ousadas e atrativas do nosso campeonato.

      Os resultados até aqui corroboram todos os elogios, mas está a chegar a prova dos nove: a qualificação europeia. Uma vez que a final da Taça vai ser disputada entre Benfica e FC Porto, o quinto lugar vai passar a dar acesso à Europa, mas é apenas uma vaga para três equipas. Por outro lado, há ainda a possibilidade de qualquer uma das três perturbar os 3º e 4º lugares de Sporting e SC Braga, o que mudaria este cenário.

      Para já, o Rio Ave parte em vantagem, ainda que muito curta - os vilacondenses têm mais um ponto do que Vitória SC e Famalicão -, sendo que, curiosamente, não se vão defrontar até ao final do campeonato.

      Teremos milagre na Vila das Aves?

      © Vítor Parente / Kapta+

      A luta pela manutenção é muitas vezes tão ou mais emocionante do que a luta pelo título. Desta vez, temos um aparente condenado, que vai precisar de um milagre quase ao nível do que a aconteceu com o Tondela num passado recente para ficar no escalão principal.

      O Desportivo das Aves ocupa a última posição da tabela, com menos três pontos do que o penúltimo Portimonense e a nove da salvação. A isto junta-se uma série de cinco jogos sem vencer (quatro derrotas e um empate) e um dos calendários mais complicados até ao final da prova. A equipa de Nuno Manta vai ter de receber FC Porto e Benfica e ainda viajar até Braga e Barcelos, uma das fortalezas deste campeonato. Curiosamente, os avenses terminam com uma visita a Portimão.

      Se a situação do Aves é delicada, a do Portimonense não é muito melhor. Aliás, é tão melhor quanto os três pontos de vantagem que tem sobre último lugar da tabela. Paulo Sérgio tornou-se, há quatro jornadas, o terceiro timoneiro dos algarvios esta temporada - leva dois empates e duas derrotas - e tem pela frente o desafio de garantir a salvação ao pior ataque e à equipa com menos vitórias na nossa Liga.

      Aos dois últimos junta-se o Paços de Ferreira, que se encontra apenas seis pontos acima da linha de água e o Marítimo (oito pontos acima da linha de água). A luta promete ser a quatro, ou talvez até só a três, mas importa referir que basta um par de deslizes para a situação aparentemente mais confortável de Tondela, Belenenses e Vitória FC mudar rapidamente.

      A pose do melhor marcador

      © Carlos Alberto Costa

      A pose de Vinícius foi o festejo mais visto na Liga NOS até ao momento. O avançado brasileiro do Benfica lidera a lista de melhores marcadores do nosso campeonato com 15 golos e é o grande favorito à conquista da distinção, até porque é a referência ofensiva do melhor ataque da Liga.

      Imediatamente a seguir, com menos um golo, surge Pizzi. O companheiro de equipa de Vinícius está a realizar uma época sensacional no que a golos e assistências diz respeito e tem aqui a possibilidade para fazer algo que não deve ter acontecido muito vezes: ser o melhor marcador e o jogador com mais assistências do campeonato. É que o médio encarnado, além de estar na luta nesta categoria, é também o jogador com mais passes para golo da Liga NOS.

      Um pouco mais atrás, todos com 10 golos, Paulinho, Fábio Abreu e Sandro Lima completam o pódio e também podem intrometer-se nesta luta.

      Comentários (7)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      bludouro
      2020-06-01 19h32m por ReturnoftheEagle
      "Pois, mas a diferença e que no Pacos-SLB o resultado foi 0-2 (e corrija-me se estiver equivocado) - logo o tal golo "anulado" não teve qualquer influência na classificação: essa sim e que "não pega" não. Já no Porto-Rio-Ave dois pontos sempre são dois pontos. . . que ainda poderão se revelar decisivos!"
      Correto, o Paços-Benfica acabou 0-2. Ainda assim, os lances foram ajuizados da mesma forma. Ou seja, temos dois cenários: ou os lances foram bem ajuizados e ninguém saiu prejudi...ler comentário completo »
      ReturnoftheEagl e
      2020-06-01 15h54m por bludouro
      Pois, mas a diferença e que no Pacos-SLB o resultado foi 0-2 (e corrija-me se estiver equivocado) - logo o tal golo "anulado" não teve qualquer influência na classificação: essa sim e que "não pega" não. Já no Porto-Rio-Ave dois pontos sempre são dois pontos. . . que ainda poderão se revelar decisivos! E SE acreditas (mesmo) que o problema reside na regra e não no arbítrio e estás tão seguro na decisão do VAR porque carga de água foi necessário mais de SEIS minutos para o juiz principal con...ler comentário completo »
      bludouro
      2020-06-01 15h09m por ReturnoftheEagle
      Não, não foi originalmente concebida para ser utilizada com tal precisão, mas a regra atual- concorde-se ou não- é que se for fora-de-jogo, seja por 100 ou 1 cm (ver golo anulado de Pedro Neto em Anfield), então não vale.
      Pessoalmente, acho que o fora-de-jogo não consegue ser medido com tal precisão, mesmo com o VAR e com as linhas. Agora, os árbitros têm instruções para partir do princípio que as distâncias são bem medidas. Se lhe comunicaram que havia um 'offside' de três cen...ler comentário completo »
      Return
      2020-06-01 14h43m por bludouro
      "não vou aparecer aqui com desculpas e lamúrias do tipo 'fomos roubados'. . . Adorei! Simplesmente porque tal não existe!! Foram/serão roubados em que sentido? A memória do Zé-povinho é bem curta mas SE bem me lembro quem foi "roubado" na última jornada antes desta saga do covid foi precisamente o FCP - DOIS pontos frente ao Rio Ave por um "off-side" cozinhado (algum dia a regra do fora de jogo teria concebido para ser executada com esta precisão? e logo contra quem nao teve influencia no golo...ler comentário completo »
      Cuidadinho!
      2020-06-01 10h52m por Roby_O_Imperador
      Não se pode festejar os golos com os colegas de equipa! É contra as regras de distanciamento social.

      Já agora, também não se esqueçam do espaçamento minimo de 2 metros, especialmente nos lances de bola parada. É muito importante manter a distancia de segurança.
      LE
      Força
      2020-06-01 09h19m por LegendaryRedEagle
      Benfica
      Regresso da Liga
      2020-06-01 01h56m por ReturnoftheEagle
      O futebol português tem, especialmente na presente temporada, sido caracterizado pela mediocridade, mas neste momento, a fome de bola, seja ela qual for, é tão grande que anseio, em todo o caso, pelo regresso do campeonato.
      A luta pelo título está ao rubro, sem dúvida. Todavia, creio que está longe de se tratar de um 50/50. O FC Porto estava e só pode estar melhor a nível anímico, tem melhor treinador, mais maturidade e um calendário ligeiramente mais fácil até final. A fa...ler comentário completo »
      Tópicos Relacionados
      Competição
      OUTRAS NOTÍCIAS
      PSCxVSC em direto!
      Já há onzes oficiais! Acompanhe aqui o Portimonense x V. Guimarães em direto e ao minuto, com todas as estatísticas e as curiosidades mais interessantes.
      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
      da_ni82 04-07-2020, 18:25
      AvesSempre 04-07-2020, 18:22
      newone21 04-07-2020, 18:20
      newone21 04-07-2020, 18:18
      HGuima 04-07-2020, 18:15
      newone21 04-07-2020, 18:13
      vnlf 04-07-2020, 18:11
      AJ
      ajag 04-07-2020, 18:09
      PedroFary13 04-07-2020, 18:08
      da_ni82 04-07-2020, 17:58
      carlosfcpfan 04-07-2020, 17:56
      Conquistador17 04-07-2020, 17:47
      da_ni82 04-07-2020, 17:42
      WeAreUnited 04-07-2020, 17:40
      FCP-Logic 04-07-2020, 17:35
      Blueman 04-07-2020, 17:34