betclicpt
      Vénia ao 3º Anel
      Filipe Inglês
      2020/03/27
      E9
      "Vénia ao 3° Anel" é a visão de um Benfiquista profundamente apaixonado pelo ideal do seu clube, mas por isso exigente e racional com quem momentaneamente o representa. A águia tem sempre que voar alto
      São dias estranhos os que vivemos. Isolados, escondidos, assustados...e no final unidos numa guerra dura contra um inimigo invisível. No espaço de uma semana as nossas vidas mudaram 180º graus e entrámos numa espécie de "3ª guerra mundial" de consequências imprevisíveis. Nas outras guerras seríamos enviados para uma terra desconhecida com uma arma na mão e o coração na outra. Nesta pedem-nos que fiquemos momentaneamente em casa, sentados no sofá a engordar e a ver séries. Se queremos salvar-nos a nós e ao próximo, é o melhor que podemos fazer. E o futebol? Parou, estagnou, quebrou. Dizia-se que era "a coisa mais importante das coisas menos importantes", mas neste momento nem isso é. Só que o bichinho está cá sempre...no meio de "mitigações", "distâncias sociais", "achatamentos de curva", várias vezes vem à cabeça...e o futebol? Quando voltará ninguém sabe, por isso sobra olhar para trás. Recordar, reviver, relembrar.
       
      Em conversas com amigos por whatsapp, skype e demais plataformas, há um assunto sempre polémico ao qual fujo sempre um pouco, mas porque não falar agora dele? Sim, ele mesmo. A figura. A personagem. The one and only: Jorge Jesus. Figura que ainda hoje, cinco anos depois de ter saído, divide o Benfica e os Benfiquistas. O legado dele foi bom? Devia ter continuado? Tem perdão a saída para o Sporting e as declarações que teve? Deve voltar? Sim, sim, talvez, talvez. Explanemos os argumentos de quem está terminantemente contra:
       
      "Jorge Jesus esteve 6 anos no Benfica e só ganhou 3 campeonatos!" - E quantos campeonatos venceu o nosso Glorioso no passado recente antes de ele chegar? Em 15 anos...um título. Foi neste cenário dantesco que Jorge Jesus entrou e disse que íamos jogar o dobro e o dobro se calhar era pouco. Venceu também 1 Taça de Portugal, 5 Taças da Liga e 1 Supertaça. Levou o clube a duas finais da Liga Europa. Jogávamos todos os anos futebol de altíssima qualidade. E quanto ao "3 em 6"...Sven Göran Eriksson, indiscutivelmente um dos grandes treinadores da História do clube venceu 3 em 5. Taças de Portugal? 1 em 5. Finais europeias? Levou o clube a duas, também as perdeu. E é um grande! Um dos maiores! E Guardiola? Alguém duvida que é o melhor treinador da actualidade? Em 4 anos no City vence "apenas" 2 campeonatos. Já nem vou aos títulos de Klopp, também ele porventura o melhor treinador do mundo. Um treinador não pode ser só definido pelos títulos.
       
      "Jorge Jesus teve sempre grandes equipas e grandes investimentos" - E o rival não teve? Recordo: os 3 campeonatos que Jesus perdeu (um deles porque aconteceu Kelvin caído do céu) foi para um FC Porto que nesses 3 anos, em 90 jornadas perdeu 1 jogo! Fez dois campeonatos invictos! Era o FC Porto de Hulk, Falcão, Lucho, Moutinho, James Rodriguez...um clube que só em dois laterais (Alex Sandro e Danilo) chegou a gastar 26 milhões de euros (em 2011!). O Benfica também investiu forte e feio, embora talvez não tanto como o FC Porto, mas e então? Isso faz um treinador menor? Guardiola e Klopp quanto dinheiro já gastaram em jogadores no City e Liverpool? Mérito dou eu a treinadores que exigem reforços e grandes equipas e não colegas como Rui Vitória ou Bruno Lage que aceitam o que a "estrutura" lhes dá, sem agitar as águas.
       
      "Jorge Jesus não apostava nas camadas jovens. O projecto do Seixal ia morrer" - É verdade. Jesus cometeu muitos erros no Benfica (David Luiz a defesa esquerdo no Dragão...ainda hoje me arrepio com isso!) e um deles foi esse. Não ver o talento de Bernardo Silva é inexplicável. Tal como Cancelo ou talvez Gonçalo Guedes. Não vejo muitos mais jogadores desse tempo no Seixal que ele tenha desperdiçado. E acredito que com tempo ele ia acabar por potenciar esses jogadores, tal como potenciou outros. Quem eleva o jogo de Matic ou Enzo Pérez, não ia fazer igual a Lindelof ou Renato Sanches?
       
      "Jorge Jesus saiu do Benfica para o Sporting!". É verdade. E bem o "odiei" por isso durante algum tempo, principalmente naquele campeonato 15/16. Mas passado algum tempo, depois da poeira assentar...de quem foi a culpa? Cada vez mais percebi que foi a "estrutura" que o expulsou e não o contrário. Exatamente porque queriam um treinador fácil de manejar e que prometesse maior aposta nas camadas jovens.
       
      "Jorge Jesus não é Benfiquista e é um sacana!" - Também é verdade. Teve atitudes deploráveis, a maior de todas o "safanão" que deu ao Sr. Shéu. Essa é muito difícil de perdoar! O Sr. Shéu (nunca consigo escrever só "Shéu") é uma lenda do nosso clube e merece ser tratado com a maior das vénias. 50 anos a servir o clube! Nem Vale e Azevedo ousou tocar nesse Benfiquista com B grande. Mas acredito que Jesus tenha pedido desculpa e o Sr. Shéu, como grande pessoa que é, tenha aceite. Mas ok, Jesus não é puro...não é um Toni. Não é Benfiquista. Não é um cavalheiro. Isso bloqueia-lhe o regresso ao clube? Quem acha que sim, já olhou mais para cima? Para o Presidente dos últimos 16 anos? Está ali um cavalheirismo e um Benfiquismo intocáveis? Se aceitamos um, porque não aceitamos o outro?
       
      "O ciclo de Jorge Jesus no Benfica acabou. Não deve regressar" - Não e talvez. Na minha opinião, deixar sair Jesus do Benfica foi um erro histórico. Não desastroso, porque o Benfica é tão grande em Portugal que vários treinadores o podem fazer campeão, mas acredito plenamente que se tem tornado num Alex Ferguson nacional neste momento tínhamos vencido tanto ou mais do que vencemos e a nossa hegemonia seria bem mais clara. Porto e Sporting estariam muito para trás. Deve regressar? Aqui está a minha grande dúvida. Que o clube ia melhorar muito o futebol jogado, não duvido. Mas ele ganhou tantos anti-corpos entre os nossos adeptos que não sei como seria após o primeiro empate ou derrota. Como iria o estádio da Luz reagir? E sim...ele é um sacana. E desrespeitou o Sr. Shéu. E foi para o Sporting. E normalmente regressos nunca correm tão bem como a primeira vez. E a primeira vez já não foi perfeita.
       
      Como todas as grandes figuras, Jorge Jesus é polémico. É polémico no Benfica, é polémico no Sporting e se ficar lá mais tempo, talvez também no Flamengo venha a ser polémico. Mas Jesus é já uma figura enorme no futebol Português. Alias...bom, o mundo virou bananas, portanto vou arriscar dizer isto, o que tenho a perder? Foi Jorge Jesus quem destronou Pinto da Costa. Pronto, está dito. Se alguém destruiu a hegemonia do Porto, se alguém quebrou a dinâmica esmagadora de Pinto da Costa (mesmo que momentaneamente, o futuro o dirá) foi Jorge Jesus. Ok e a idade do decano presidente Portista também contribuiu. E Vieira tem os seus méritos. Mas o Benfica muito deve a Jesus. E Jesus muito deve ao Benfica. Depois do divórcio, deviam voltar a casar-se? Talvez sim. Talvez não. A polémica continua e não fui eu que a resolvi neste artigo.


      Comentários (9)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      RE
      Relembrar
      2020-03-29 16h57m por RedLineVigo
      Época 09/10
      Com o FCPORTO a ficar de fora da luta pelo título, com o "Pseudo-castigo" a Hulk e Sapunaru.
      pedropereira934
      2020-03-27 19h35m por MisticaEncarnada
      Não acho que Marco Silva tenha grande imprensa, fez um trabalho fantástico no Estoril, um trabalho até bom no Sporting, que já não ficava em segundo há uns anitos, lutou pelo título até umas 6/7 jornadas do final e no Watford fez também um bom trabalho, que lhe permitiu estar no Everton durante um ano e meio ou algo semelhante mas depois saiu, paciência. . .
      Mas é um bom treinador, embora sem grandes títulos no currículo. Se ficasse nos grandes por 9 épocas como o Jesus fazia me...ler comentário completo »
      Quanto ao texto
      2020-03-27 17h56m por pedropereira934
      Parei de ler quando o autor colocou Jesus na mesma frase que Guardiola e Kloop.
      *
      2020-03-27 17h54m por pedropereira934
      1 grande trabalho em clube grande. Fez um grande trabalho no Belenenses por exemplo, mas no Sporting foi um fracasso, e no Benfica não fez nada do outro mundo, tendo em conta as circunstâncias
      Jorge Jesus
      2020-03-27 17h52m por pedropereira934
      Treinador com melhor imprensa da história do futebol português, superando inclusive Marco Silva. É um bom/excelente treinador mas não é o que querem fazer dele. Aliás o 1 grande trabalho que está a fazer, tem sido agora no Flamengo.
      Besteirense
      2020-03-27 17h40m por MisticaEncarnada
      Concordo plenamente contigo. Aliás, Jesus é o treinador português mais sobrevalorizado actualmente, só ultrapassado, possivelmente, por Fernando Santos que depois de vencer o EURO 2016 só sairá da selecção quando se reformar.
      O Jesus é um treinador que, mesmo sendo um bom treinador para uma equipa que tenha uma enorme capacidade de investimenro, revela enormes lacunas e teve muita sorte. O seu nome fez-se praticamente sem ter feito nada do outro mundo, tirando a vitória na Libe...ler comentário completo »
      SA
      A sério?
      2020-03-27 15h19m por santossantos
      "deixar sair Jesus do Benfica foi um erro histórico. " Vamos lá ao factos do Benfica pós-Jesus:

      1 Quartos da Champions (1 vez em 5 anos para Jesus).
      1 Oitavos da Champions (ZERO vezes em 4 anos para Jesus).
      3 Ligas em 4 anos (Jesus precisou de 6 anos para chegar lá).
      1 Taça de Portugal em 4 anos (Jesus fez o mesmo em 6 anos).
      3 Supertaças em 4 finais (Jesus venceu 1 em 2 finais).

      Depois, existe o que se pode quantificar: Jesus para...ler comentário completo »
      "Jesus ou o Caos?" é pergunta do passado
      2020-03-27 15h16m por Besteirense
      Na minha opinião, Jorge Jesus chegou tarde ao Benfica (deveria ter vindo depois de perder a Taça de Portugal em 2007, numa altura em que o clube teimava em acabar atrás do Sporting), e saiu tarde (os três anos em que perdeu o campeonato para o Porto espelham que, em condições iguais, Jorge Jesus era bem mais fraco e saía por baixo).

      O salto qualitativo que o Benfica deu a partir de 2009 foi evidente (se bem que 2010-11 foi uma das épocas mais humilhantes de sempre, muito po...ler comentário completo »
      Ao autor desta crónica
      2020-03-27 14h01m por MisticaEncarnada
      Recomendo que compare a qualidade dos jogadores que tivemos e mandámos embora no tempo do Jesus e as equipas que tiveram Bruno Lage e Rui Vitória.
      E já agora, que se lembre que o Jesus chegou a 3 meias finais da Liga Europa porque pasme-se caro leitor, em 5 anos passou uma vez a fase de grupos da Champions! Uma!
      Os últimos dois campeonatos que ganhámos com ele foram nas temporadas de Paulo Fonseca e na primeira de Lopetegui. Mas de alguma vez o Porto tinha uma equipa melhor q...ler comentário completo »
      OPINIÕES DO MESMO AUTOR
      Como bom Benfiquista que sou, não gosto nada do FC Porto. Mas mesmo nada. Mas mesmo, mesmo nada. Mas mesmo, mesmo, mesmo...bom, já passei a mensagem. Só que numa coisa eu ...
      26-04-2020 11:10E22
      Era uma vez um anjo e um diabo a debaterem bola nos ombros de um Benfiquista: Diabo: "Já fomos! Vamos perder este campeonato! Eu já andava a dizer isto há muito ...
      26-02-2020 10:25E4
      Quando se é adepto de um clube de futebol, há duas formas de ver a sua equipa a jogar: no estádio ou pela televisão. Esta semana passei pelas duas experiências e ...
      12-02-2020 15:45E7
      Opinião
      Pontapés na atmosfera
      Pedro Fragoso
      O sítio dos Gverreiros
      António Costa
      A preto e branco
      Luís Cirilo Carvalho
      História, futebol e sociedade
      Tiago Alves
      Bancada de Leão
      Pedro Varela